segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Nem eu sei

Eu não sei o motivo disso tudo, não faço idéia do que seja e nem qual é sua real intenção sobre isso.
sei lá porque, mas acredite... eu sou uma péssima amante. 
não não, de fato, não nasci pra amar...
aliás, nasci sim até pelo fato de eu amar muito. mas meu deus, como isso é difícil, não?
ou será que é só comigo? eu simplesmente não consigo ficar sem amar, e isso dói.
acredito que seja um vício, uma droga mesmo. dá um enorme prazer por momentos e depois vem a desagradável abstinência de amar.
não me refiro somente ao ato de amar alguém, mas sim de passar horas com uma necessidade demasiada de ser amada e não poder retribuir. 
o que é isso, hein? caramba, o que estou dizendo? por que?
solidão é algo que alimenta meu ego e no final de tudo a minha maior amante sou eu mesma.
agora de sofredora do romantismo passo a ser arrogante.
que vida absurda, gente. 

Um comentário:

Nádia C. disse...

pelo menos você se ama, sei lá, dizem que é o 1° passo pra amar alguém. "Hey man, slow down, slow down."