domingo, 12 de fevereiro de 2012

Balão estourado

Agora que eu tenho o cabelo enrolado nessa toalha rosa depois do banho mais frio do ano e agora que eu tenho a certeza mais do que absoluta que todos somos descartáveis, posso finalmente sentar na cama e não me desesperar por pensar que tenho algum tipo de problema.
É tudo baseado em momentos mesmo, por mais cliché que isso seja. Sempre que eu tenho dias bons e que a minha boca não se contenta em apenas sorrir, eu já me preparo psicologicamente pro que vai vir em seguida e eu já sei que vai sempre vir aquela insuportável, incontestável e desagradável visita da realidade. 
Ah, tudo bem, vai. Corações foram feitos para serem arrebentados e balões para serem estourados.  

2 comentários:

nádia c. disse...

issso, é tão ruim perceber tudo isso tão jovem, é como se... não sei, ah céus, talvez não seja nem 'perceber' talvez isso não seja verdade, eu ainda espero que não, mas é o jeito menos desconfortável de continuar vivendo. [????????]

Marina Peppers disse...

Respondi seu comentário no blog :)
Este post me lembrou a música No Spare Parts, Rolling Stones.
E bem, é verdade.. corações são para serem partidos :/