terça-feira, 16 de março de 2010

O seu janeiro

Ao abrir os olhos e sentir o céu, você vai entender o significado daqueles borrões no papel. Caso isso não venha a te surpreender, saiba que existem máscaras fixas. Talvez isso não lhe interesse mais... realmente, nem pra isso é capaz. Não é agora que você vai afastar as trincheiras da sua cabeça. Mais tarde você irá compreender, quando tudo isso acabar, que por uma mentira você cedeu. A vida não é assim tão bela, e mais um raio de sol você perdeu. Culpa no momento não existe, até porque não faço questão disso. Um dia você vai despertar e verá a droga que fizeram sua passagem por aqui se tornar.

Um comentário:

Mathias Magalhães disse...

Gostei...
E como gostei.